Alemanha.jpg

Coleções da Alemanha

Distintivo de Ferido

               Criado pelo Kaiser Guilherme no final da 1a Guerra Mundial, em março de 1918, tinha como objetivo homenagear os feridos de guerra. Criou-se 3 classes, ouro, prata e bronze, que dependia do número de ferimentos e de sua gravidade. Na 1a Guerra havia uma versão para o Exército e uma para Marinha, que deveria ser dado somente para aqueles que tivesse recebido o ferimento em auto-mar. Criou-se também uma versão vazada, dependendo do fabricante. Alguns soldados recebiam também um pingente em menor tamanho, para ser usado na lapela.

             Na 2a Guerra, a versão da Marinha foi abolida, e manteve-se apenas a versão do Exército, com a suástica no capacete. Criou-se inicialmente uma versão com o fundo mais granulado, cedida para o exército que atuou na Guerra Espanhola, uma divisão que ficou conhecida como Divisão Condor. Depois de iniciada a 2a Guerra, criou-se uma versão mais simples, com o fundo um pouco mais liso e com os detalhes menos elaborados.

             Criou-se ainda uma versão muito rara - acredita-se que foram fabricadas somente 100 unidades - que foi dada para os feridos no atentado à Hitler que aconteceu em 20 de julho de 1944, que ficou conhecido como Operação Walkíria. Possui a data do atentado escrita, e a assinatura de Hitler.

Verwundetenabzeichen_1918_für_das_Heer,
Captura_de_Tela_2020-09-20_às_12.37.46
Captura_de_Tela_2020-09-20_às_12.38.00
July 20, 1944 German Wound Badge.jpg