Primata Moderno

O debate sobre as manifestações mostram um perfil ainda mais profundo do ser humano. A necessidade de seguir o rebanho.


Se você analisou uma situação, ponderou e chegou a uma decisão, você criou o seu conceito.


Obvio que novas evidências poderão fazer rever isso. Mas se novas informações não forem convincentes, você mantém suas considerações. Até que surjam novas evidências. E assim continuamente.


A Ciência funciona assim.


Sendo assim o que importa se uma, dez ou cem mil pessoas acham o mesmo que vc? Houve períodos na humanidade onde 99% acreditavam que a Terra era plana, a mulher nasceu da costela de Adão e o universo era imutável. Estavam elas certas apenas por ser a maioria?


Se é assim, por que é tão importante que a manifestação que você foi tinha 0,02% a mais de pessoas do que a outra realizada por pessoas que pensam diferente de você?


Sua mãe já dizia que você não é todo mundo. E que se o amiguinho se jogar da janela você não vai fazer igual. Ou pelo menos não deve.


Se você precisa ficar comparando manifestações para avaliar se seus conceitos estão certos ou não, se sua forma de pensar só é válida se houverem outras pessoas pensando exatamente igual, não se preocupe. Isso não é culpa sua. É dos seus genes.


Há 100.000 anos, o homem para sobreviver tinha que tomar uma decisão toda vez que sua opinião era contrária a do grupo. Ou continuava no grupo, ou seguia sua verdade sozinho. A seleção natural fez o resto.


Pensar em manada era questão de sobrevivência. Então os genes mais adeptos a seguir dessa forma possuíam mais possibilidade de serem transmitidos as proles vindouras.


Hoje a tecnologia chegou, o mundo se transformou de uma forma completamente complexa, mas seu cérebro continua exatamente igual a do seu ancestral de 100 mil anos atrás. E é por causa dele que se criou as bolhas das redes sociais. Onde você exclui o amiguinho que discorda das suas ideias, e passa a viver apenas como no passado: cercado de pessoas que pensam igual. Isso conforta o cérebro.


O grande problema é que essa falsa sensação de segurança causa outros problemas. Ao debater apenas com pessoas que pensam igual e receber elogios por seus raciocínios, você automaticamente acredita que eles são verdades absolutas aceitas pela grande maioria da população mundial.


Acredite, o mundo é muito maior que seus 4 mil amigos no Facebook.


Portanto meu amigo petista / Bolsonarista, quando você ainda continua defendendo um conceito mesmo com todas as evidência dizendo contra, e seu único argumentos é "olha quantas pessoas na passeata pensam igual a mim", lembre-se que isso são apenas resquícios genéticos de uma realidade que não existe mais.


E nunca é tarde para evoluir.




51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo